Boletins (Anti)Segurança

A publicação destes boletins é um projeto de pesquisa e extensão do Departamento de Relações Internacionais da EPPEN-UNIFESP Osasco. Produzido pelo LASInTec e publicado mensalmente contando com informações e breves análises de nossos pesquisadores. O boletim (Anti)Segurança marca a transição do nosso boletim extraordinário anterior, “Segurança e monitoramentos: a democracia securitária na pandemia”, para um novo boletim com acompanhamento regular de nossos temas de pesquisa, como a indiscernibilidade entre segurança pública e segurança internacional, a policialização das Forças Armadas e a militarização das polícias, as condutas do cidadão polícia, abolicionismo penal, as formas e funcionamentos do dispositivo monitoramento, tudo como componentes da democracia securitária.

Coordenação: Acácio Augusto, Departamento de Relações Internacionais da EPPEN-UNIFESP.
Vice-Coordenação: Fabiola Fanti, professora visitante na EPPEN-UNIFESP.
Pesquisa e redação: Acácio Augusto, Ana Beatriz Luz, Augusto Gottberg, Bruna Ghirardello, Fabíola Fanti, Helena Wilke, Ivo Ferreira, João Paulo Gusmão, Júlia Tibiriçá, Lucas Alencar de Araújo, Mariana Janot, Matheus Marestoni, Milena Cunha, Pedro Lázaro, Thaiane Mendonça e Yasmin Teixeira.
Edição e formatação: Thaiane Mendonça, Júlia Tibiriçá e João Paulo Gusmão.

Edição atual

DEZENOVE

Segurança e Propriedade:
regime dos ilegalismos e regulação internacional dos massacres

30 de outubro de 2021


Edições anteriores

DEZOITO

Inteligência artificial, policiamento preditivo e fronteiras biométricas: vinte anos do atentado às torres gêmeas e os legados planetários do Ato Patriota

30 de setembro de 2021

DEZESSETE

Sobre a resistência de mulheres, ontem e hoje, diante da violência de Estado no Brasil

09 de agosto de 2021

DEZESSEIS

Tecnopolíticas de contra-insurgência, colonialidade e controle a céu aberto: anotações a partir das resistências no contexto palestino-israelense

23 de julho de 2021

QUINZE

Brasilzinho, um grande Jacaré: o massacre policial continuado

09 de julho de 2021

QUATORZE

Em razão de (in)segurança: a “Cracolândia” como laboratório da pacificação em São Paulo

21 de maio de 2021

TREZE

Futebol, políticas de segurança e polícia: da massa ao dispositivo monitoramento

03 de maio de 2021

DOZE

Tierra Revuelta: ação direta e antimilitarismo no território conhecido como América do Sul

16 de abril de 2021

ONZE

Militares no Brasil: o golpe de Estado permanente

01 de abril de 2021

DEZ

A neoliberalização vigilante da vida como traço das democracias securitárias

19 de março de 2021

NOVE

Tecnologias de caça: a morte asséptica e high-tech nas democracias securitárias

05 de março de 2021

OITO

Notas sobre letalidade policial e a afirmação da abolição: a vida é incomensurável

19 de fevereiro de 2021

SETE

A democracia securitária no Brasil: um balanço analítico de nossos boletins sobre a pandemia e alguns elementos de definição

05 de fevereiro de 2021

EDIÇÃO EXTRAORDINÁRIA

Polícia para que(m) precisa? Sobre o PL que visa criar uma guarda para o governo federal

13 de janeiro de 2021

SEIS

Pandemia e regime dos ilegalismos: a positividade da proibição na ampliação dos negócios e garantia da ordem

20 de novembro de 2020

CINCO

O novo coronavírus e a praga militar: o engajamento dos militares na guerra-crise pandêmica no Brasil

30 de outubro de 2020

QUATRO

O ethos pacificador das forças armadas brasileiras nas ações da pandemia

15 de outubro de 2020

TRÊS

Redimensionando a distribuição da violência: o governo das polícias no planeta

02 de outubro de 2020

DOIS

Contra as Securitizações, Humanitarismos e Monitoramentos

17 de setembro de 2020

UM

Manifesto pela supressão geral da polícia nacional: uma proposição possível contra a violência de Estado

10 de agosto de 2020